Que o shape do skate é um belo espaço para aplicação criativa de ilustradores já não é novidade alguma. Desde os primórdios da prática, a plataforma do veículo foi incrementada pelos traços de artistas relacionados ao grafite, ao skate-punk e ao hip hop. As artes acabaram tornando-se parte da identidade do skate, associando-se a toda a cultura e definindo as diferentes estéticas que o esporte assumiu ao longo dos anos.

Leia também: Cor e cultura pop marcam nova leva de ilustradores

Leia também: Grafites ocultos: novas formas de interagir com a cidade

Leia também: Ocupando o espaço urbano: grafites de grande porte ao redor do mundo

É impossível falar em arte no skate sem citar o trabalho de Jim Phillips. Um dos primeiros artistas a se destacarem no ramo, Phillips define muito bem a estética do skate durante os anos 80 com suas criaturas alucinadas. Phillips foi um dos precursores, seu trabalho ajudou a estabelecer a ideia de que o skate podia ter um atrativo visual maior.

Jim Philips

A arte de Jim Phillips ganhou seguidores que, ao longo do tempo, foram aplicando diferentes influências e repertórios em suas ilustrações. Calavera, por exemplo, aplica elementos de histórias em quadrinhos e temáticas mexicanas.

Calavera

De fato, a Pop Art sempre influenciou a ilustração em skates. Prova disso é o trabalho de D Face, que une diversos elementos gráficos relacionados à cultura urbana, criando peças dinâmicas e ricas em cor.

D-Face-skate-deck-1

Também investindo pesado em cor, mas preferindo um caminho menos pop e mais abstrato, James Jean cria imagens hipnotizantes e sofisticadas. Seus trabalhos em shapes encaixam-se igualmente bem nas ruas e em galerias de arte.

james jean

Há artistas que vão ainda mais longe e criam séries de skate que servem como veículo de arte sequencial. Ou seja, juntos, os shapes formam uma figura. A temática é tão variada quanto a quantidade de skates envolvidos, podendo variar da exuberância abstrata de Andrew Schoultz

andrew schoultz

…ao humor negro de Neckface

neckface-boards

…ou, finalmente, à temática jazzística de Ian Johnson.

ian johnson

E aí, qual seu artista favorito? Comente!

As imagens pertencem aos artistas, para conhecer mais, acesse os links.

Beba com moderação, não ofereça bebidas alcoólicas para menores de 18 anos. Não compartilhe com menores de 18 anos.